Os limões da tequila. A tinta da caneta. As paginas do livro. E o açucar do café!

Seguidores

As pessoas e o mundo, as vezes parecem ( e são ) tão crueis, e parecem querer testar sua resistencia a dor, embora saibam que você não pode ser tão forte assim, por mais que tente aparentar. E por vezes, parece que o mundo só aponta e ri. E na verdade o ato em si, não importa muito, porque não se precisa ligar pra quem ri, mas a causa do riso é o que te corta ao meio.

É quase tão inutil, tentar encontrar um lugar onde a fraqueza pode ser a nossa força, quando você quase não crê mais nisso, e é tão devastador o quanto os outros podem definhar a sua linha de confiança para o mundo e para si mesmo, e não falo sobre covardia ou força insuficiente ou do que seja que você queira chamar, mas a devassidão é tamanha que te torna paralitico para qualquer tipo de reação auto suficiente que você deveria tomar.

E você pensa o quanto não deveria se importar com aquilo, e deixar afundar ate que fique fundo o suficiente que você não consiga mais ver, sentir, ou saber que existiu, mas não tem como ignorar algo que ja se tornou parte de você. Como se você estivesse uma vida inteira destinado aquilo, e a crueldade do mundo fosse algo aclopado ao seu ser, e você não pudesse se desligar de qualquer forma, porque na verdade, não seria ninguem melhor sem isso.

Por vezes, você pode pensar que esse é o motivo da sua força, aquilo que te faça levantar todos os dias da cama, para encarar um novo dia, só pra provar que sim, você pode levantar duas vezes, pra cada vez que lhe socam a cara. Mas por vezes, eh besteira demais, manter uma fé de que se esta de pé novamente, quando você só consegue se erguer aos joelhos.

E o que fazer quando você da todo seu oxigenio pra fazer as chamas começarem e nunca parece o bastante ? E porque voce acreditaria na esperança, quando tudo que ela faz, é vir rastejando tão distante ? E o que você precisa fazer pra se sentir inteiro, quando levaram sua metade tão injusta e covardemente ?

E por vezes, parece que as histórias ficticias dos meus livros, são as unicas coisas reais em que eu posso tocar.

10 Vomite suas palavras aqui :D:

Kivia Nascentes disse...

Eu particularmente, sempre quando acho que o poço não tem mais fundo, eu consigo olhar para o alto e ver a lua.
Mas é complicado, as pessoas sempre testam ao máximo nossos limites.

vi que esta lendo Dragões de èter,
já li, é otimoo!

beijos

LADY D. A. disse...

Toda vez q eu ñ estou bem, eu não me permito "ñ está bem". Minha frase de cabeceira é "Quando sou fraco, devo ser forte" nem sempre consigo, mas oq me deixa mais irritada não é estar fraca e sim me permitir ser fraca...

It'sM disse...

Adorei seu blog!

Guilherme Areias disse...

É o que sempre dizem sobre a crueldade da vida...

Gostei muito do seu blog, se quiser parceria entre em contato.

http://nadaaverpontocom.blogspot.com/2011/08/sexo-tres-problema-ou-solucao.html

ღ Sensitivity ღ disse...

As pessoas são cruéis mesmo. Se a pessoa não conseguir ser forte, acreditar em si mesmo e procurar seguir a vida com a cabeça em pé... com certeza vai ser devorada por essa força destrutiva. Beijinhos.

Dona Ana disse...

Tudo faz parte da vida... o importante é não deixarmos um só sentimento ser dono de nós. Belo texto.. bj

Vinicius Guahy disse...

Legal seu design,parabéns.

Artur disse...

Tudo acontece por um motivo. Mas no final, tudo serve para nos deixar mais forte :)

Mar disse...

Olá minha flor, queria saber se aceitas parcerias com os blogs. Beijinhos. Mar

Janaína Pupo disse...

estava com saudade daqui...
Beijos