Os limões da tequila. A tinta da caneta. As paginas do livro. E o açucar do café!

Seguidores

Pessoas choram, pessoas nascem pessoas rezam

E algumas apenas se vão

A despedida em cada esquina

Talvez não haja segunda chance se você errar

Todas as lagrimas que você não chorou

Estão nos rostos de quem você fez sorrir

A vida é tão injusta

Você acredita em anjos

Quantas vezes eles podem sangrar

Antes que tenham finalmente caído?

Então apenas olhe pro lado

E abrace-o enquanto pode

O tempo nunca é o bastante

Estamos tão ocupados com nossas frustrações

Você se lembra de quando acordou pra ver o dia nascer?

E quando foi a ultima vez que você sorriu a alguém?

Essas ruas são apenas labirintos

E qual é a hora de partir?

Pessoas pedem, pessoas brincam, pessoas se tornam apenas tão cruéis

E algumas apenas querem ir mais cedo

Algumas apenas não encontraram um sentido

Estenda a mão se você é capaz de salvar uma vida

O céu não esta tão longe

Então apenas olhe pro lado

E abrace-o enquanto pode

O tempo nunca é o bastante

Chamando todos os anjos

Não há vergonha sem culpa

Permita que lhe tirem das ruínas

De sua tristeza gloriosa

A solidão nem sempre é um bom lugar

Chamando todos os anjos

Perdoe, antes que o céu se incline para segurar suas mãos

Tocando um frágil ego

Apenas pra saber o quão fundo se pode ir

Ainda há tempo para uma ultima dança?

Você se lembra de quando se sentiu realmente vivo?

Vivem esperando dias melhores

Amanha talvez seja tarde demais

Tão intocáveis

Atrás de uma solidão necessária

São tantas escolhas e qual delas diz pra seguir em frente

Sem que eu tenha que entupir minhas veias?

Então apenas olhe pro lado

E abrace-o enquanto pode

O tempo nunca é o bastante...


Imobiliarias
Contador grátis

2 Vomite suas palavras aqui :D:

Felipe Braga disse...

Fantástico!
Texto forte.
"O tempo nunca é o bastante..."
Pirei nessa parte.
Parabéns.

Ana (: disse...

Realmente, escreve demais!
Versos marcantes, parabéns :D
Beijão