Os limões da tequila. A tinta da caneta. As paginas do livro. E o açucar do café!

Seguidores


Santa terra do amor perdido

Nos assista cair

Esqueça toda idéia de salvação

Somos todos culpados

Pelo ódio que escorre em nossas mãos

Glorifique os injustos e infiéis erga-os em seus tronos

Atire ao fogo todos os condenados que chegaram a ver a luz

Deuses de todos os céus, atirem-lhe pedras

Enquanto ele grita por redenção


Sacrifique seu sangue

Minta, quebre a cruz

Lave minha mente

Me cegue, me arraste em sua miséria


Anjos do céu vermelho

Sangue com suas flechas

Abra as portas o rei chegou

Ele é um pecador

Entregue sua alma

Ele matou a inocência

Oh! doce decadência

Nos assista morrer

Nos assista cair

Nos assista sangrar

Nos assista gritar


Peças de tabuleiro de um jogo que não podemos ganhar

Sacrifico minhas forças

O mundo é para perdedores que sabem jogar

Vamos gritar

Aleluia, amém

Nosso rei chegou

Espalharemos a discórdia e as falsas palavras

É isso que faz as engrenagens funcionarem

Todos os nossos heróis nasceram para perder


Santa terra do amor perdido

Nos assista cair

Areia movediça

Me sugue, me cegue, me abuse


Manche a história

Páginas negras do meu livro de memórias

Existência decadente, a última vela queima

Pela alma dos condenados

Não há salvação, somos poeira no vento


Ore por nós

Todos os pecados são tragédias

Erga as mãos e encontre a luz

Deuses da misericórdia

Dei-nos a redenção

Imobiliarias
Contador grátis

2 Vomite suas palavras aqui :D:

Kakah :) disse...

Oláá
Bom, mais uma vez adoreiii! [...]
Seus textos são ótimos...
^^
Continuee assim

BJinhuss

Felipe Braga disse...

Fico muito feliz em vir aqui! Sabe por que? Porque teus textos são fantásticos. Me identifico muito com eles.
O texto todo é bom, mas destaco o início.
"Santa terra do amor perdido
Nos assista cair
Esqueça toda idéia de salvação
Somos todos culpados".
Muito bom, parabéns.